vivavoce-olhos2-miopia

Apontada como a epidemia do século pela Organização, o aumento da doença se deve ao uso excessivo de smartphones e a falta de atividades ao ar livre.

“Tudo em excesso faz mal”. O bom e velho ditado vale praticamente para qualquer situação e pode ser um ótimo aliado na luta contra o que hoje é considerada a epidemia do século pela Organização Mundial de Saúde: a miopia. Sim, se você esperava algo mais dramático, como um vírus, se enganou. A miopia avança de “fininho” e, em 2050, pode atingir 51% da população, segundo a OMS.

Cada dia mais cedo, crianças começam a ter contato com telas de smartphones e computadores. Há quem diga que eles são chupeta desta geração. Mas, a facilidade para entreter os pequenos está causando um aumento brusco no número de casos de miopia infantil. De acordo com o oftalmologista Fabrício Mourão Perino, fazer uso de tecnologia não é o problema, a questão é que não fomos educados para lidar com os eletrônicos. “A criança ou adulto pode utilizar um smartphone sem prejudicar a visão. Mas, o que acontece, é que poucas pessoas se preocupam ou são aconselhadas a fazer intervalos e manter uma certa distância da tela”, explica.

A miopia pode ser causada por fatores genéticos, mas o que preocupa hoje são os aspectos ambientais. Além do uso excessivo de eletrônicos, a falta de atividades ao ar livre também pode ser a grande culpada pelo crescimento da miopia infantil. “Estudos já comprovaram que crianças que não tiveram contato com smartphones também desenvolveram a doença. O problema está em passar muito tempo olhando para algo próximo, fixamente. E este objeto pode ser um celular, um livro ou caderno de estudo”, ressalta o especialista. Por isso é importante que o olho se acostume a focar objetos distantes e isso só é possível se a criança também brincar ao ar livre. Quanto mais, melhor.

E, o que é miopia?

Miopia é o distúrbio visual que uma focalização da imagem antes dela chegar à retina. Uma pessoa míope consegue ver objetos próximos com nitidez, mas os distantes são visualizados como se estivessem embaçados.

Como evitar?

*Incentivar atividades ao ar livre, diariamente.

*Celulares, tablets, computadores e livros devem ser mantidos a 30 cm do rosto, no mínimo. Não permitir que a criança fique debruçada sobre os objetos.

*Faça intervalos frequentes. A cada 20 minutos, é importante retirar o olhar da tela e focalizar objetos distantes, por cerca de 20 segundos.

Categorysaúde ocular

Warning: count(): Parameter must be an array or an object that implements Countable in /home/vistasantos/www/wp-includes/class-wp-comment-query.php on line 405